Movimento Indignação

23-12-2016

Pacotaço de Sartori: por que não aconteceu a greve geral do funcionalismo gaúcho e o que lhe resta fazer depois de sua aprovação

Diante do questionamento de combativos companheiros servidores do judiciário gaúcho sobre a razão que impediu o funcionalismo do Rio Grande do Sul de deflagar a greve geral contra o pacotaço privativista (com absurdos como a venda da Sulgás, da Cia. Riograndense de Mineração e da CEEE, extinção da Cientec, da Fundação Zoobotânica e da fundação Piratini, que mantém a TVE e a Fm Cultura) e anti-servidor do governador Sartori, votado na correria e sob forte repressão miltar às manifestações de protesto na praça da matriz, publicamos, a... [Lire la suite]
Posté par movim INDIGNACAO à 00:53:56 - Commentaires [0] - Permalien [#]
28-11-2016

URV: existem resíduos e podem ser ajuizados!

Ao contrário do afirmado nas correspondências enviadas pelo Sindjus aos colegas que encaminharam o ajuizamento dos resíduos da URV (muitos apresentando valor a ser devolvido pelo servidor ao Tribunal de Justiça, como no exemplo desta matéria), HÁ SIM RESÍDUOS A SEREM RECEBIDOS REFERENTE AOS RETROATIVOS DA URV, que ficaram para trás quando do pagamento administrativo (na longa década de 2004 a 2014) nos nossos contracheques. A assessoria jurídica do Movimento Indignação, após exaustivos estudos, verificou que a data de juros aplicável... [Lire la suite]
Posté par movim INDIGNACAO à 11:41:00 - Commentaires [0] - Permalien [#]
06-09-2016

Tribunal pagará as parcelas atrasadas restantes do reajuste de 8,13% NA FOLHA DE SETEMBRO!

Conforme mensagem interna, abaixo reproduzida, o Tribunal de Justiça pagará na próxima folha mensal o restante dos atrasados do retrotativo do reajuste de 8,13%. Deveremos receber, portanto, as parcelas referentes aos meses de janeiro, fevereiro e março (com o respectivo 1/3 de férias, para os que as tiraram nos meses de verão).  Para os oficiais escreventes de entrância intermediária, o valor representa, em termos de salário básico, R$ 309,13 ao mês, totalizando R$ 1.029,40 (309,13 x 3,33) em valores brutos. Confira abaixo a... [Lire la suite]
Posté par movim INDIGNACAO à 16:31:00 - Commentaires [0] - Permalien [#]
19-07-2016

Considerações sobre a nota do Tribunal acerca do pagamento do retroativo dos 8,13%%

Ao recomendar que trabalhemos com "denodo" para fazer jus ao fantástico reajuste recebido e à benemerência de receber o salário em dia, a administração do Tribunal de Justiça parece esquecer que o que mais fazemos, nós servidores, é nos esfalfarmos, há décadas, trabalhando cada um por uns quantos e em contínuo empobrecimento, enquanto os senhores magistrados contam com equipes enormes, em seus gabinetes, para emitir o menor despacho e consideráveis e injustificáveis "auxílios" para complementar suas nada desprezíveis remunerações. O... [Lire la suite]
Posté par movim INDIGNACAO à 00:39:00 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
15-07-2016

Tribunal divulga pagamento do retroativo de forma parcelada e Sindjus reage de forma balbuciante!

Há mais de duas décadas amargamos perdas salariais inflacionárias que, presentemente, já ultrapassaram os 71%! No mesmo período, o quadro de pessoal se manteve com vagas improvidas de cerca de 2.000 servidores.  O resultado é uma situação financeira cada vez mais difícil, que beira à falência, e de um desgaste absurdo e sem perspectivas no exercício do trabalho, frente a uma demanda que só aumenta, sem que ocorram as nomeações necessárias. Buscando remediar um mínimo esta situação, os servidores foram à luta em 2015 e após 20... [Lire la suite]
Posté par movim INDIGNACAO à 14:59:00 - Commentaires [0] - Permalien [#]
09-05-2016

No ano CRÍTICO de 2015, Tribunal poderia ter concedido reajuste de até 35,86% sem ultrapassar limites da Responsabilidade Fiscal

Se o trabalhador da justiça que nos lê sentiu sua revolta subir a estratosféricas alturas ao tomar conhecimento, na última semana, dos gastos de mais de R$ 400 milhões de reais feitos pelo Tribunal de Justiça para pagar os penduricalhos injustificáveis (auxílios moradia e refeição) à magistratura desde o ano passado; Se já não há limites para sua frustração indignada com a obstrução da votação do mísero reajuste de 8,13% nos últimos 10 meses (mais do que uma gestação) decorridos desde a heróica e forte greve que forçou sua oferta... [Lire la suite]
Posté par movim INDIGNACAO à 00:24:00 - - Commentaires [1] - Permalien [#]
28-04-2016

Reajuste de 8,13% é aprovado na Comissão de Serviços Públicos e entra na Ordem do Dia do Plenário!

Conforme a informação do site da Assembleia Legislativa, consultada por nós agora de manhã, o PL 368/2015 obteve parecer favorável do relator e, aprovado na Comissão de Serviços e Segurança Pública (CSSP), entra na Ordem do Dia: Detalhes da Proposição Proposição: PL 368 2015 DeParaData EnvioMotivo DAL PROTOCOLO 07/10/2015 Para Providências PROTOCOLO DAL 08/10/2015 Para Providências DAL CCJ 23/10/2015 Para Parecer CCJ ALEXANDRE POSTAL 10/11/2015 Para Parecer ALEXANDRE POSTAL ... [Lire la suite]
Posté par movim INDIGNACAO à 11:56:00 - Commentaires [0] - Permalien [#]
24-04-2016

Em 10 de maio vote chapa 3–PraLutar!!!

              Prezado(a) Colega Faltam a nosso sindicato, em suas últimas gestões, democracia e combatividade. O Sindjus precisa voltar a ser um instrumento efetivo e vibrante dos trabalhadores do judiciário, na luta por salários dignos e melhores condições de trabalho. À nossa dedicação absurda, a administração do TJ tem respondido reiteradamente com desfaçatez e prioridade zero. Para garantir à magistratura os mais injustificáveis penduricalhos, como o auxílio-moradia e o... [Lire la suite]
Posté par movim INDIGNACAO à 00:26:00 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags :
13-04-2016

Manifesto pela construção de uma terceira via

MANIFESTO PELA CONSTRUÇÃO DE UMA TERCEIRA VIA Em vista das próximas eleições à direção do Sindjus-RS trazemos a público algumas reflexões e propostas que julgamos necessárias para que nosso sindicato, combalido pela falta de democracia e combatividade das últimas gestões, volte a ser um instrumento efetivo, vivo e vibrante dos trabalhadores do judiciário na sua luta por salários dignos e melhores condições de trabalho. Somos uma categoria de mais de 8.000 trabalhadores ativos que carrega nas costas diariamente a demanda do Poder... [Lire la suite]
Posté par movim INDIGNACAO à 19:09:00 - Commentaires [0] - Permalien [#]
03-03-2016

Escreventes fazem abaixo-assinado para reverter a exigência de nível superior para substituir Escrivão!

A pedido de inúmeros oficiais escreventes de Porto Alegre e interior do Estado, o Movimento Indignação publica o abaixo-assinado a seguir reproduzido, que sugerimos seja preenchido e assinado por todos colegas escreventes prejudicados e/ou discordantes da medida do Tribunal que restringiu a substituição dos titulares de cartório aos oficiais escreventes detentores de nível superior de escolaridade.       Excelentíssimo Senhor Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul:  Os Oficiais... [Lire la suite]
Posté par movim INDIGNACAO à 08:24:00 - Commentaires [0] - Permalien [#]