10-11-2008

Da série: literatura a uma hora dessas???

     LA VENDETTA È UN PIATTO CHE VA SERVITO FREDDO ! 

            Para preparar um bom prato de vingança, há que se ter a pimenta preparada de véspera. No pior momento de dor, tome um vidro novo e encha três quartos de sua capacidade com pimenta malagueta, de preferência do quintal do vizinho, que é mais vermelha. Convém fazer uns talhos nas pimentinhas para que elas melhor absorvam o líquido. Depois é completar com vinagre de boa qualidade, e deixar tomando gosto. Esqueça do frasco, de preferência, na geladeira, para que, no momento em que começarem a esquecer, você tenha a pimenta à mão, bem ardida, para preparar a vingança.

            Agora vamos aos conselhos: vingança não se prepara no dia, para servir quentinha, à mesa. O princípio do arroz e do suflê não serve também para este prato: o arroz e o suflê não esperam pelos convidados, devendo ser servidos quentinhos, assim que saírem da panela e do forno, respectivamente. No nosso caso, pelo contrário, a vingança espera, pacientemente, pelo comensal. Será servida fria, logo depois da sobremesa, para tirar o doce da boca de quem a saboreia. Neste caso, o doce passará à boca de quem preparou o prato. A isso chamamos de transferência gustativa.

           Não queira, portanto, oferecer este prato no calor da demanda, na ira dos ânimos arrevesados, porque a indigestão será quase certa. Em qualquer caso, não deixe de usar um pouco de tempo para condimentar o acepipe. Sem ele, a vingança se revestirá de um caráter de resposta imediata, o que poderia comprometer o sabor do prato, podendo não ser bem assimilado. Daí a necessidade de se macerar bem a vingança com um bocado de tempo, deixá-la tomando gosto, até porque o prato original, servido com estilo, tem um toque de sabor pedagógico.

         Pedagogia, assim, é um dos componentes do sabor que vingança oferece. Quem a degusta acaba por entender o porquê da necessidade do uso do tempo e da pimenta; poderá usar todos os sentidos para compreender que a atitude que ensejou o preparo da iguaria teve lá a sua razão de ser. Ninguém serve vingança por nada. A ofensa prévia, desta forma, é um pré-requisito degustativo. E sempre há que se aprender um pouco com tudo, até com a vingança. Aprende quem degusta, aprende quem serve. Muito temos a aprender com o inimigo, e, como já dizia minha avó, “pimenta nos olhos do outro é refresco”, e “o saber não ocupa lugar no espaço”. Que Deus a tenha.

         Pronto, citada a vovó, explicitada a pedagogia, a epistemologia e tangenciada a escatologia da coisa, ainda podemos tergiversar um pouco sobre este prato incrível, unilateralmente delicioso, chamado vingança. Além da pimenta, que vai curtindo aos poucos, enquantos os ânimos acirrados se vão serenando (jura!), um punhado de tempo (punhado é o que cabe na mão, para quem não entende de termos culinários) e uma pitada de pedagogia (pitada é o que cabe entre dois dedos) sempre darão sentido à vingança. E só quem sabe usar o tempo a seu favor é capaz de dosá-lo corretamente. Embora seja apreciada fria, uma boa dose de uísque pode dar um certo glamour ao prato. Use-o para flambar diretamente na travessa. Sem exageros, por favor.

        Por fim, falemos na apresentação da iguaria. Como primeiro comemos com os olhos, a apresentação do prato é fundamental. Capriche nos detalhes visuais, sirva sobre toalhas de renda, valorize afinal o seu trabalho. Vingança bem preparada, afinal de contas, dispensa maiores comentários. Bom apetite!

Boa semana a todos... minhas pimentinhas já estão de molho!

300px_Cubanelle_Peppers

Posté par Simone Nejar à 01:13:00 - - Commentaires [4] - Permalien [#]
Tags : , , ,

08-11-2008

Marisa e as empadas

           Engana-se quem pensa que eu só vou bater na tecla do nepotismo; na verdade, como sabiamente já disse o filósofo-e-tarado Bira, o nepotismo é só a ponta do iceberg. E isso me dá uma falta de ar self danada, gente! Tanta transparência já deixou à mostra os fundilhos do Egrégio... então, enquanto aguardamos ansiosamente as demais exonerações, vamos falar em assédio moral, este velho conhecido nosso, que faz com que tenhamos de andar de bota dentro do prédio!

360734002_ed7facd9bd

          Existe uma lei complementar estadual, a Lei 12.561/2006, que diz o seguinte:

            Art. 2º Considera-se assédio moral, para os fins do disposto nesta Lei Complementar, toda ação, gesto ou palavra que, praticados de forma repetitiva por servidor público, no exercício de suas funções, vise a atingir a auto-estima e a integridade psicofisica de outro servidor, com prejuízo de sua competência funcional.

    Parágrafo único - Evidencia-se o assédio moral a servidor público quando:

  1. forem-lhe impostas atribuições e atividades incompatíveis com o cargo que ocupa ou em condições e prazos inexeqüíveis;

  2. for ele designado para exercer funções triviais, em detrimento de sua formação técnica;

  3. forem-lhe tomadas, por outrem, propostas, idéias ou projetos de sua autoria;

  4. forem-lhe sonegadas informações que sejam necessárias ao desempenho de suas funções;

  5. forem contra ele praticadas ações, gestos ou palavras que denunciem desprezo ou humilhação, isolando-o de contatos com seus superiores hierárquicos e com outros servidores; e

  6. forem-lhe dirigidos comentários maliciosos, críticas reiteradas sem fundamento, ou houver a subestimação de esforços que atinjam a sua dignidade." (grifo meu, para lembrar que trabalho empacotando teclados e que sou "doutora", nota dez no exame da OAB em 1998)

            Existe, também, o Ministério Público do Trabalho, local onde está a denúncia que o Movimento Indignação fez sobre o vilipêndio à Lei Complementar 10.098 e à Constituição Federal. E existe, também, o sindicato.. peraí.. cadê o sindicato? Ah, ta organizando o baile... então tá. Por que não disseram logo?    

napo_20tango

           E por falar em assédio moral, hoje fiquei sabendo como é gentil e cordial a Desª  Marisa Santos, do Juizado Especial Federal de São Paulo. Dirigindo-se aos cães, perdão, aos servidores, ela pode servir de exemplo para todos: exemplo de como assediar moralmente os funcionários do cartório. Observem a transcrição da gravação que os colegas paulistas fizeram de um dos habituais "desabafos" da Dra. Marisa:

          "Vocês são péssimos! Agora, isso aqui que aconteceu é uma ação orquestrada, e eu sei por quem... por um imbecil que orientou as três comadres a não colocarem azeitona na empada da Dra. Marisa, das Marisas e da Marli Ferreira, mas eu quero avisar pro imbecil o seguinte: as nossas empadas têm recheio suficiente, ta certo?"   

           Em outra passagem, ela vai além:

           "Se tivesse prova de dignidade no concurso várias pessoas que estão aqui não teriam passado"

          Aí, Senhora Desembargadora, sou obrigada a concordar. A senhora mesmo, se tivesse sido submetida a uma avaliação psicológica mínima, também não teria passado. Realmente!

louca

          Pelo jeito, a Desembargadora é chegada numa empadinha; e o Sintrajud, por sinal, mostra que sabe defender a sua categoria, ao contrário de certos sindicatos pelegos, não é? Já sei, já sei: estão organizando o baile. Como eles querem dançar mesmo, tudo bem...

           Mas se os leitores pensam que eu vou ficar só na empadinha paulista, estão enganados; a verdade é que há muitas empadas por aqui, principalmente dentro do M.I.J. Como exemplo, cito várias chefias insanas, cujos prontuários médicos desfiam rosários intermináveis de CID F 33.2 (psicose maníaco-depressiva ou transtorno bipolar). Todos conhecemos as lendárias figurinhas! Há quem tenha mania de perseguição, há quem grite tresloucadamente, e há quem pense que é dono do campinho.

beterr1CAF8E6NACAN1JQ1JCAJDP1XSCATZ4LFTCAREG892CAHG0FABCANADNQ4CAYM159OCAZ7KO3XCADN9VM8CAYUFW9PCA2HLTG6CAOJW2EGCAF3IXYGCAMXCE9MCAFR51G7CAKTR34HCADMXK4P

          A velha mania de tratar o Tribunal como a própria casa faz com que dinastias inteiras de nepotes dominem o pedaço; aliás, fiquei sabendo que existe um Departamento que foi criado apenas para empregar os filhos dos desembargadores, que, rebeldes, trocaram o Direito pela Engenharia. Lamentável, isso. Dizem que naquele local está saindo CC pelo ladrão, e que continuam pendurados nas vigas! Que cabidão concreto de emprego, né? E, como corolário lógico, o belo prédio administrado pelos nepotes nem mesmo habite-se tem. Mas segunda-feira irei à SMOV ver como andam as coisas em relação àquele prédio. Falta o habite-se lá, mas sobra o tempo aqui, ufa...

6CA2SIELDCATODX5HCA3AP7NICA2YKVCLCAS48S13CA3JLHDZCA87LGRTCASR9Y5QCAI2B153CAHID322CAA7BGF5CALTZ0Y2CA6HR2T8CATQADD8CASUQJEACAJUEODTCAWPPR2WCAFOM8D2

          E por falar em tempo, acho que vou preparar umas empadinhas para o fim de semana. Bem recheadas, por sinal. Voltaremos!

080425181402_empada02_edit

Posté par Simone Nejar à 01:54:00 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : , , ,

07-11-2008

SBT RIO GRANDE 06/11

CONTRA O NEPOTISMO!

Acesse o programa pelo link abaixo:

http://cwaserver.no-ip.org:81/download/tv/06112008-125605-sbt.wmv

Viu, gente? Não é só o Marquinho que aparece na TV, brincando de forte apache. Eu também apareço, fazendo bum, bum, bum, nos bandidos.

Posté par Simone Nejar à 19:41:00 - - Commentaires [5] - Permalien [#]
Tags : , , , ,

06-11-2008

ABRACADABRA!

           E amanhã é a vez da Santa Inquisição interrogar o companheiro Bira. O 31 de outubro já passou mas o Halloween continua no Judiciário. Por isso, vamos nos encontrar defronte ao Palácio da Justiça, na Praça da Matriz, a partir das 13h 30 min, para dar um apoio moral e de quebra ainda fazer um despacho bem feito por lá. Vamos apoiar o nosso Boca do Inferno, porque, se o Eros Grau pode, o Bira também pode!

         Bira, deixo aqui pra ti alguns trechos da obra Triângulo no Ponto, do Ministro Eros Roberto Grau:

         “Vânia tinha uma válvula de sucção no lugar do sexo e soltava sonoras flatulências vaginais pós-coito. (...) Pedia-me, enquanto nos amávamos, que inventasse estórias sobre ela mesma estar    sendo possuída por mais de um homem, concomitantemente, dois ou três ocupando todas as suas frestas... (pag. 25)
         " Sílvia se faz de besta, finge que não é com ela, mas tome beijo na boca, goza, de repente estão os dois estão em uma loja, vestidos, compram umas gravuras, o sujeito que relata o sonho encoxa Sílvia, Sílvia sente a coisa de Xavier entre seus dedos, agora é a coisa do outro, um ferro em brasa... (pag. 51)

        (Gente, fiquei envergonhada só de copiar e colar isso aqui...)

       Portanto, Bira, segue o conselho da Suplicy, meu caro...  porque o exorcismo fica por nossa conta!

Abaixo, segue a foto do tarado do Poder Judiciário!

pal_cio_031

Posté par Simone Nejar à 23:57:00 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : , , ,

Jornalismo de verdade!

Do site Vide Versus de Hoje... colocar o link é pouco! É preciso copiar e colar!

Conselheiro João Osório também é um nepotista, com filho no Tribunal de Justiça

João Osório, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, é outro nepotista influente no Estado. Ex-deputado estadual pelo PMDB, ele colocou seu filho, Marcelo Albarello Martins, empregado no Tribunal de Justiça gaúcho, como assessor de desembargador. O nepote Marcelo Albarello Martins estava empregado como CC, no cargo de secretário do desembargador Luis Augusto Coelho Braga, Padrão 3.2.10, até o dia 27 de novembro do ano passado, quando foi exonerado pelo Boletim nº 21.758. Mas, no mesmo dia, o feliz nepote Marcelo Albarello Martins foi readmitido, agora no Padrão 3.2.11, para exercer, junto ao mesmo desembargador Luis Augusto Coelho Braga, o cargo de assessor de desembargador.

O conselheiro João Osório Ferreira Martins é um homem feliz. Começou na vida como um cabo da Brigada Militar (polícia militar do Rio Grande do Sul), onde chegou até sargento. E hoje está garantido, com a pensão de marajá que conseguiu assegurar como futuro aposentado do Tribunal de Contas. Amanhã os leitores de Videversus saberão um pouco sobre o patrimônio do conselheiro João Osório. Enquanto isso, segue sem explicação a manutenção no Tribunal de Justiça da nepote Aline Mileski, filha de Hélio Saul Mileski, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul.

Presidente do Tribunal de Justiça gaúcho baixa ato sobre a prática de nepotismo

O desembargador Arminio José Abreu Lima da Rosa, presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, assinou nesta quarta-feira o Ato nº 040/2008-P que regulamenta na Justiça gaúcha a aplicação da Súmula Vinculante nº 13 do Supremo Tribunal Federal, a qual ratifica a vedação à prática de nepotismo no Poder Judiciário introduzida anteriormente pelo Conselho Nacional de Justiça pela Resolução nº 7/2005. Para o chefe do Poder Judiciário, “trata-se do início do cumprimento da promessa de extinção de cargos de confiança, e se pretende extinguir outras, dentro do princípio de que a via de acesso é a competição aberta a todos, sem distinção”.

Os servidores indicados para cargo em comissão ou detentores de função gratificada deverão indicar em Declaração a existência ou a inexistência de relação familiar ou de parentesco com magistrado ou servidor investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento no âmbito: do Poder Judiciário Federal, do Estado do Rio Grande do Sul, de outros Estados e do Distrito Federal, ou, ainda, com agente político ou servidor investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento integrante da Administração Pública direta ou indireta dos Poderes Legislativo e Executivo da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, inclusive Ministério Público e Tribunais de Contas. O Ato do Presidente do Tribunal de Justiça atualiza o texto das declarações já realizadas pelos servidores desde 2000. As declarações deverão ser renovadas sempre que houver alteração da função ou do Cargo em Comissão, ou, ainda, da lotação. Para conhecer a íntegra do Ato, clique no link a seguir. http://www.tj.rs.gov.br/site_php/noticias/mostranoticia.php?assunto=1&categoria=1&item=73462 . Reina uma tensa curiosidade no Tribunal de Justiça gaúcho para saber como preencherá a declaração a secretário do desembargador presidente Armínio José Abreu Lima da Rosa, chamada Ester Lopes Peixoto.

(Nota minha: perguntem à Paula Louca, ela que contava pra todo mundo essa história! E pensar que foi o Presidente que arrumou a FG pra ela. Bah, que feio, Paula, cuspir no prato que comeu! Sempre me pareceu pouco ético de sua parte, mas, enfim, seu apelido não nasceu por acaso, né?)

Posté par Simone Nejar à 12:43:00 - - Commentaires [4] - Permalien [#]
Tags : , , ,

Troquei a pilha hoje... preparem-se!

Bom dia!

           Feitas as primeiras exonerações com base na Súmula 13 do STF (embora o "a pedido" conste nos boletins), ao que parece, o Presidente do TJ entendeu que o tempo de encher a casa de rebentos chegou ao fim. Entretanto, a cada dia que passa, mais rebentos são denunciados, numa manifestação inequívoca de que o Feudalismo não acabou ...

          Iniciei a minha cruzada com vinte e poucos nepotes denunciados, e hoje o número já passa dos 40; por isso, estou protocolando uma nova denúncia, agora no Conselho Nacional de Justiça, além, é claro, de alimentar, rectius, aditar, a minha ação popular, que vai muito bem, obrigada, aguardando o julgamento do meu agravo regimental. Abaixo, o andamento processual, informação de hoje:

stfnovembro

          Parece que tem muito mais parente do que, na minha vã filosofia, eu supunha... tem mulher de desembargador trabalhando no gabinete do próprio, tem ex-mulher de desembargador trabalhando no gabinete do amigo, tem companheira de desembargador trabalhando (seria uma nova forma de minoração de pensão alimentícia?), enfim, aquilo lá está minado de parentes! Há mais gente do Tribunal de Contas do que o noticiado, também. Tem gente que teve filho com a secretária, e pensa que eu não sei... coitada da guria, haja estômago! Bem, eu não vou me meter na vida privada de ninguém , não quero e nem tenho tal direito. Todavia, levar para a vida pública o que se faz na privada... hahahaha... isso não podemos permitir, não é verdade? Basta de cacas no Judiciário!

tronoac4

          Pois ontem o presidente que afirma que eu sou denuncista baixou um ato sobre nepotismo. Leiam a notícia:

Presidente do TJ baixa Ato sobre a prática de nepotismo

O Desembargador Arminio José Abreu Lima da Rosa, Presidente do TJRS, assinou nesta quarta-feira (5/11), o Ato nº 040/2008-P que regulamenta na Justiça gaúcha a aplicação da Súmula Vinculante nº 13 do Supremo Tribunal Federal que ratifica a vedação à prática de nepotismo no Poder Judiciário introduzida anteriormente pelo Conselho Nacional de Justiça pela Resolução nº 7/2005.

Para o Chefe do Poder Judiciário, “trata-se do início do cumprimento da promessa de extinção de cargos de confiança, e se pretende extinguir outras, dentro do princípio de que a via de acesso é a competição aberta a todos, sem distinção”.

Os servidores indicados para cargo em comissão ou detentores de função gratificada deverão indicar em Declaração a existência ou a inexistência de relação familiar ou de parentesco com magistrado ou servidor investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento no âmbito: do Poder Judiciário Federal, do Estado do Rio Grande do Sul, de outros Estados e do Distrito Federal, ou, ainda, com agente político ou servidor investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento integrante da Administração Pública direta ou indireta dos Poderes Legislativo e Executivo da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, inclusive Ministério Público e Tribunais de Contas.

O Ato do Presidente do TJ atualiza o texto das declarações já realizadas pelos servidores desde 2000. As declarações deverão ser renovadas anualmente ou sempre que houver alteração da função ou do Cargo em Comissão, ou, ainda, da lotação.

             Pois eu gostaria que ele mostrasse, na prática, que está disposto a acabar com o nepotismo e realmente valorizar o servidor concursado. Não foi uma boa idéia agredir a mim e ao colega Bira com a abertura de dois processos ridículos, com base no que escrevemos aqui. Está na cara que é pura retaliação, e todo mundo já viu isso. Nós, sim, sem falsa modéstia, somos os verdadeiros ícones da transparência, porque falamos a verdade; nada de juridiquês para justificar o injustificável! Nada de palavras pomposas para dizer que o Tribunal é impecável e que os servidores rebeldes devem ser punidos. Nós, sim, somos transparentes, porque mostramos a verdadeira face da justiça gaúcha. E reconhecemos, também, que existem magistrados, promotores e procuradores que enobrecem a sociedade brasileira, sim!

               Vou confessar que acredito em heróis, sim! Vejam só o Perseu! Vai decapitar a Medusa, sem dó nem piedade, lavando a alma de toda a sociedade gaúcha... lindo, honestíssimo, correto, exemplo para o país inteiro! Só não vou pedi-lo em casamento porque ele deve ser casado... um homem maravilhoso daqueles não fica sozinho! kkkkkk  (bom, pensando bem, eu sou maravilhosa e modesta e estou sozinha...   perdoem o desabafo...   :-)

mutley

              Brincadeiras à parte (não quero dar uma de Paulo Santanna, o cara se acha..hehe), a verdade é que quanto mais pegarem no nosso pé, mais abriremos a boca para denunciar a todos o que estamos sofrendo! Usar uma lei obsoleta, da época do Castelo Branco, para tentar amordaçar o servidor público, é algo desprezível, vil e abjeto! É a aplicação prática dos "princípios" consagrados pelo Kafka em seu Processo (por coincidência, meu livro favorito. Virei personagem...)

              Invocar a tal lei de 1966, que não foi recepcionada pela Constituição, é simplesmente abominar o Estado de Direito. Digam-me, por favor, que tipo de Tribunal é este, que tenta calar a voz do servidor honesto? Que tipo de Tribunal é este que faz ameaças veladas a quem ousar criticá-lo???

Im000183

              Não seria melhor que Mr. Extermínio baixasse mais um ato proibindo os jornalistas de se manifestar? Não seria melhor acabar logo com a imprensa? Por que ele não edita mais um Ato declarando fechado o boteco da  notícia neste país? Aliás, digno de nota o curso que será ministrado aos jornalistas: aposto que haverá muita repressão embutida no conteúdo, para que vejam com quem estão lidando!

HCAT2VIYYCAAHBIHZCACU2UDJCA26UWL2CAJ67ZC2CA2KL5NQCABWVWSMCAE3JH9JCA59XTLBCAK0COZCCA94RR35CAF9IKK5CA4MZMT2CARH7I6BCAOZZMQHCA0M1I0GCA8BN3L9CAILY5D8 

             O jornalista, assim como o servidor público, tem todo o direito de se manifestar! Se alguém, pessoa física, reputar-se ofendido, que processe civilmente o autor da notícia. Aqui neste blog, mesmo,há vários comentários, provavelmente advindos dos Suseranos, que tentam bater no Indignação. Aceitamos todos! Podem discordar, podem escrever, podem até xingar a minha mãe, ela nem liga. Ela processa! (Tenho a quem puxar...rsrs)

            AMORDAÇAR, NUNCA! Somos democráticos, acima de tudo.

            E como eu exerço na minha vida todos os direitos que a Constituição me assegura, e não tenho medo de lei fajuta, nem de araponga comissionado (puxa-saco), eu prometo divulgar nos próximos dias mais uma daquelas listas de nepotes escondidos no Tribunal. Corre, Armínio, exonera logo antes que todo mundo saiba daquela gente toda que eu não denunciei antes mas que vem chegando na segunda remessa de pimpolhos... manda  a cegonha levar de volta as encomendas, que eu não estou mais para brincadeiras! Sem reajuste, sem respeito, suspensa, a paciência chegou ao fim... mas relaxem... o bom-humor é a última coisa que morre, aqui!

          E vê se retira esses dois processos escatológicos contra mim e o Bira, porque, pode acreditar, o chumbo que vem vindo aí vai ser grosso! Aqui não é o Big Brother, mas tá todo mundo de olho!!!

bbb

I WILL SURVIVE !!!

odalisca

Posté par Simone Nejar à 09:24:54 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : , , ,

04-11-2008

E AGORA, QUEM É DENUNCISTA, INFAME E IRRESPONSÁVEL?

DEP. DE RECURSOS HUMANOS
BOLETIM Nº 23.196
O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, DESEMBARGADOR
ARMINIO JOSÉ ABREU LIMA DA ROSA, NO USO
DE SUAS ATRIBUIÇÕES, RESOLVE:
2032/00-0 1- EXONERAR, A PEDIDO, A CONTAR DE
31-10-2008, CRISTIANE MOURA SLEIMON, MATRÍCULA
1406 5851, DO CARGO EM COMISSÃO DE ASSESSOR
DE DESEMBARGADOR, PADRÃO 3.2.11, DO QUADRO
DOS CARGOS EM COMISSÃO E FUNÇÕES GRATIFICADAS
DOS SERVIÇOS AUXILIARES DESTE TRIBUNAL,
JUNTO AO GABINETE DO DES. SÉRGIO FERNANDO S.
DE VASCONCELLOS CHAVES.

5709/01-0 2- EXONERAR, A PEDIDO, A CONTAR DE
31-10-2008, VIVIANE MOURA SLEIMON, MATRÍCULA 1422
7363, DO CARGO EM COMISSÃO DE ASSESSOR DE
DESEMBARGADOR, PADRÃO 3.2.11, DO QUADRO DOS
CARGOS EM COMISSÃO E FUNÇÕES GRATIFICADAS
DOS SERVIÇOS AUXILIARES DESTE TRIBUNAL, JUNTO
AO GABINETE DO DES. SÉRGIO FERNANDO S. DE
VASCONCELLOS CHAVES

2936/98-5 3- EXONERAR, A PEDIDO, A CONTAR DE
31-10-2008, HÉLIO SAUL MILESKI JÚNIOR, MATRÍCULA
1321 8387, DO CARGO EM COMISSÃO DE ASSES
DEPSOR SUPERIOR, PADRÃO 3.2.11, DO QUADRO DOS
CARGOS EM COMISSÃO E FUNÇÕES GRATIFICADAS
DOS SERVIÇOS AUXILIARES DESTE TRIBUNAL, JUNTO
À 1ª VICE-PRESIDÊNCIA.

SECRETARIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, 31-10-2008.
DES. ARMINIO JOSÉ ABREU LIMA DA ROSA,
PRESIDENTE.
REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE.
BELA. LILIANA MARIA GIORA,
DIRETORA ADMINISTRATIVA.

             Estes são apenas três dos parentes que eu denunciei. Aqui está a prova de que eu não menti. Aqui está a prova da retaliação que venho sofrendo por ter denunciado essas e muitas outras situações irregulares dentro do Tribunal "transparente". A exoneração "a pedido" é só para inglês ver. Mas nem português vai acreditar nessa, Presidente! Não cola...


              Pois agora eu vou dar o MEU despacho: registre-se, publique-se e intime-se, em nível nacional, que eu não sou Simonóquia! Aos colegas, que vêm acompanhando o meu sofrimento em razão de estar suspensa por ter denunciado a imoralidade administrativa, peço encarecidamente que espalhem ao vento A VERDADE.

           Servidor público efetivo é garantia à sociedade.  Servidor público comissionado é marionete nas mãos do patrão. Se um CC fizesse o que eu fiz, estaria na rua há horas... ou alguém duvida disso? Servidor público amordaçado e intimidado serve para compactuar com a imoralidade administrativa. Abra a boca e denuncie, colega! Só assim poderemos prestar um serviço público de qualidade à população que paga os seus impostos.

             Ajude o Movimento Indignação a gritar:

             - NÃO À MORDAÇA NO SERVIDOR PÚBLICO !

             - NÃO À DITADURA DO PODER JUDICIÁRIO !

            Espero que aproveitem a lição de cidadania, colegas. Ela tem me custado muitas lágrimas, mas sei que a causa é justa. E por uma boa causa, eu luto até o fim!

             A seguir, com muito orgulho dos colegas cariocas, que estão em greve há mais de 40 dias, batalhando por seu reajuste, vou anexar a imagem da moção que recebemos por intermédio do Diretor Francisco Fassano, do Sind Justiça, agora à tarde:

pal_cio_023

            

Posté par Simone Nejar à 20:50:00 - - Commentaires [3] - Permalien [#]
Tags : , , , ,

03-11-2008

Repressão no RJ reafirma em nível nacional a ditadura do Judiciário

         Bom dia!

         Fiquei sabendo, agora de manhã, que portarias absurdas proibindo o uso de camisetas e adesivos e afixação de cartazes não são exclusividade gaúcha. Pasmem, colegas, mas a portaria que vou transcrever a seguir veio de Angra dos Reis:

PORTARIA CONJUNTA Nº 01 DE 30 DE OUTUBRO DE 2008.


A Drª ...., Juíza de Direito Titular da 1ª Vara Cível e Juíza atualmente em exercício na 2ª Vara de Família, ambas da Comarca de Angra dos Reis;

O DR....Juiz de Direito Titular da 2ª Vara Cível e do Cartório da Dívida Ativa, ambos da Comarca de Angra dos Reis;

A Drª ... Juíza de Direito Titular da 1ª Vara Criminal e do Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher e Especial Adjunto Criminal, ambos da Comarca de Angra dos Reis;
A Drª ..., Juíza de Direito Titular da 1ª Vara de Família, da Infância e do Idoso da Comarca de Angra dos Reis;

no uso de suas atribuições administrativas, legais e correicionais,

CONSIDERANDO que ninguém é obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei.
Considerando que nem todos os serventuários lotadas na Comarca de Angra dos Reis aderiram ao movimento grevista e que não são obrigados a fazê-lo;

Considerando a presença de servidores grevistas no interior das serventias judiciais na tentativa de persuadir aqueles que não aderiram ao movimento grevista.

Considerando a determinação constitucional de que a prestação juristicional deve ser célere, eficiente e contínua.
Considerando a necessidade de se manter uma estrutura mínma de trabalho , ao menos para que sejam atendidas as medidas de caráter urgente durante o período de greve.


RESOLVEM:

Art. 1º Fica terminantemente proibida a prática de quaisquer atos referentes ao movimento grevista atualmente existente no Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro, dentro das Serventias Judiciais da Comarca de Angra dos Reis, sejam de serventuários grevistas lotados ou não no referido cartório.
Art. 2º Fica terminantemente proibida a cautela ou guarda, provisória ou definitiva, temporária ou permanente dentro das Serventias Judiciais, de qualquer material referente ao movimento grevista dos serventuários, tais commo faixas, cartazes, panfletos, adesivos, entre outros.

Parágrafo Único: O material encontrado nas condições estabelecidas no caput deste artigo será apreendido e inutilizado pelo magistrado responsável pela Serventia.

Art. 3º: Fica proibida a colocação de cartazes, adesivos e similares do movimento grevista nas portas de acesso e no interior das Serventias Judiciais.

Parágrafo Único: O material encontrado nas condições estabelecidas no caput deste artigo será imediatamente removido e inutilizado pelo magistrado responsável pela Serventia.

Art. 4º O descumprimento da presente Portaria Conjunta ensejará a adoção das medidas disciplinares cabíveis ao caso, a ser apurada em procedimento próprio.

Ar. 5 º: Esta Portaria Conjunta entra em vigor em 30 de outubro de 2008 e terá a validade enquanto perdurar a greve atual dos serventuários, devendo ser afixada no quadro de aviso das Serventias abrangidas pelo presente ato normativo.

           Portanto, senhores desembargadores, Vossas Censuriências não estão sós nesta cruzada contra a liberdade de expressão do servidor público. Contem sempre com o apoio dos magistrados que assinam conjuntamente a portaria de Angra dos Reis. E depois, quando eu falo em ditadura do Judiciário, dizem que estou exagerando...

E viva o Estado Democrático de Direito!!!

Aos colegas cariocas, a solidariedade e o carinho do Movimento Indignação.

rio_janeiro

Bom, pelo menos vocês têm Copacabana pro fim da tarde... e eu, que sofro de saudade crônica do Rio?


Posté par Simone Nejar à 10:37:27 - - Commentaires [1] - Permalien [#]
Tags : , , ,

01-11-2008

Zorra Total

           Quem nunca foi saudado pelos corredores por aquele simpático senhor que ergue o braço direito e grita "um abraço!"?

           Entretanto, saibam os desavisados que Sua Simpatia é cunhado de A, sobrinho de B, casado com C que é concunhada de X, enfim... um verdadeiro novelo familiar!

            Pois o tal "abraço", chamá-lo-emos assim, que pertence ao mobiliário perene da Casa, é o maior carrasco de servidores concursados de que se tem notícia. É ele que aciona o mecanismo da cadeira elétrica funcional. Enquanto te envia o abraço com uma mão, te apunhala com a outra. É mestre em fazer isso, pois sente um prazer imenso em enviar servidores para departamentos que não têm nada a ver com eles. Foi assim que eu, formada em Direito, fui parar na Informática! Mas o que ele não sabe é que lá eu fui muito bem recebida pelos colegas.

            Recebendo um pedido, o chefe vai disparando:

          - E desde quando servidor me diz onde quer ser lotado?

            A questão, chefe, é que nós entramos pela porta da frente. Pena que o senhor tem a péssima mania de querer fazer o concursado de Severino.  Dizem que está de saída em fevereiro, eu quero só ver... assim como dizem há anos que a Catifunda está de saída, e nada. Aguardamos ansiosamente as respectivas aposentadorias. Está na hora de ver que existe vida além-Tribunal. Curtam a vida, sejam felizes, mas bem longe da gente, ok?

severino

            

Posté par Simone Nejar à 18:18:00 - - Commentaires [3] - Permalien [#]
Tags : , , , ,

Jornal do Almoço do dia 27/10

http://mediacenter.clicrbs.com.br/templates/player.aspx?uf=1&contentID=39006&channel=45

Agora, vamos esperar que o Lasier seja justo e mencione que eu fui injustiçada. Vamos mostrar quem é leviano!

Posté par Simone Nejar à 12:45:46 - - Commentaires [0] - Permalien [#]
Tags : , , , , ,