22-11-2018

Morreu João Rangel Antunes, padrinho do Movimento Indignação

É com muito pesar e nostalgia que noticiamos a morte, aos 87 anos, na tarde de ontem, de JOÃO RANGEL ANTUNES, tio de nosso membro Milton Antunes Dorneles.

Nascido em 17 de fevereiro de 1931, foi ferroviário, servindo no tronco central das estradas de ferro do Rio Grande do Sul, em Santa Maria. Motociclista, tornou-se lendário na cidade, pilotando, com seu boné moicano Jawa, sua Monark 225 cilindradas. 

Extremamente culto e ativo até seus últimos dias, foi também boêmio e frequentador das damas da noite santa-mariense, em cujas páginas ficaram gravadas a ferro e fogo suas picarescas histórias no famoso cabaré "71".

Com ele se hospedaram, e jantaram numa noite memorável, naquela localidade, nossos companheiros Milton Antunes Dorneles e Ubirajara Passos, quando por lá passaram, na campanha eleitoral da chapa 1 - Pra Lutar, no Sindjus-RS, em 2007.

E foi em seu casarão, verdadeiro castelo, num morro fronteiro à cidade, que os companheiros Valdir Antonio Bergmann (falecido em maio de 2014), Milton Antunes Dorneles e Ubirajara Passos, estiveram hospedados, quando da fundação, com o companheiro Régis Pavani, do Movimento Indignação, em um bar do calçadão de Santa Maria, em 19 e 20 de julho de 2008.

Lamentamos muito sua morte e desejamos que o velho João, se houver outra instância de existência além deste nosso mundo, possa estar dando continuidade às suas aventuras, com muito humor e disposição, no além.

movimento indignação

Posté par movim INDIGNACAO à 10:57:00 - - Commentaires [0] - Permalien [#]

26-07-2018

Morreu Cláudio Fernandes Machado, o grande orador das greves dos servidores da justiça gaúcha

É com imenso pesar que noticiamos a morte do companheiro Cláudio Fernandes Machado (Oficial Escrevente Estenotipista da Comarca de Porto Alegre, Mediador e Instrutor de Mediação no NUPEMEC, com Mestrado Internacional na área de Conciliação) ocorrida nesta madrugada, aos 53 anos, em virtude de um ataque cardíaco.

Militante sindical desde jovem, esteve presente em todas as lutas pelos direitos da categoria desde longa data, tendo sido o principal e grande orador que animava as manifestações na histórica greve de 1995 e posteriormente nas greves de 2012 e 2015, e foi colaborador na primeira campanha do Movimento Indignação à direção do Sindjus-RS, em 2010, com inúmeros artigos publicados neste blog.

d0b2bac5_0d28_472f_92d2_122a81d19826

 

Senhor de uma energia inexaurível e entusiasmada na luta sindical, deixará grande saudade na categoria, não somente pela sua monumental capacidade oratória, mas sobretudo pela coerência mantida na luta, na qual sempre esteve engajado, jamais desistindo da defesa dos nossos direitos, necessidades e dignidade.

 

movimento indignação

 

Posté par movim INDIGNACAO à 11:35:26 - - Commentaires [0] - Permalien [#]